A Polônia pelos olhos de uma polonesa


POLONIA.jpg

Destino turístico empenhado em crescer, que investe em infraestrutura, capacitação de pessoas e renovação das principais atrações turísticas. A Polônia ganha destaque no mapa turístico da Europa e atrai cada vez mais visitantes. Presente na 29ª edição do FESTURIS a Polônia participou da Feira de Negócios onde apresentou o destino, gastronomia e principais atrações, buscando o turista brasileiro. 
Dorota Zadrozna, do Departamento de Marketing da Organização Polonesa de Turismo, apresenta aos leitores do JF, um pouco mais deste destino
 

Cracóvia e Varsóvia

Os dois destinos mais conhecidos pelo turista internacional são: Cracóvia e a Varsóvia. 
A Cracóvia é a antiga capital e sede da realeza no passado, o viajante que vai ao destino deve conhecer o Parque Planty, a Universidade Jaguelônica e o Castelo Real com a Catedral em Wawel, os pontos turísticos mais conhecidos de Cracóvia são também os mais associados à Polônia. Na cidade velha é possível encontrar a praça principal e o Palácio que foi construído no século XVI, no passeio subterrâneo pela Praça Principal se encontra o Museu Histórico de Cracóvia com exposição multimídia que conta a rica história da cidade. 
Para quem busca modernidade, a Varsóvia é o destino mais indicado. Uma metrópole vibrante que apresenta uma combinação entre tradição e modernidade, a capital da Polônia floresce e vive novos tempos, após tempos difíceis na Segunda Guerra Mundial. Vida noturna com inúmeras opções de lazer e cultura, além de bons restaurantes e muitos parques. 
 

Descendência Polonesa 

O movimento migratório de poloneses para o Brasil ocorreu principalmente nos séculos XIX e XX. A grande maioria dos imigrantes estabeleceu-se na região sul (Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul). 
 Na região Sul, encontramos muitos descendentes poloneses, alguém na família que tem um sobrenome polonês, então as pessoas se identificam e querem saber a história e conhecer a Polônia. 
Este foi um ponto muito positivo que encontramos no FESTURIS, com a nossa participação trazendo duas agências de viagem no nosso stand, conseguimos fortalecer esta relação e criar viajantes em potencial, que desejam conhecer suas origens.

Gastronomia

Na gastronomia polonesa carnes e batatas são ingredientes principais, o clima frio do país é combinada com pratos simples e saborosos. A mesa é sempre farta, abundante com mais de três pratos, sobremesa, cafés e licores para alegrar os dias festivos. A gastronomia polonesa é muito rica e convidamos todos a provar estes sabores! 

Grandes eventos musicais

Poucas pessoas sabem, mas a Polônia tem ao longo do ano diversos eventos musicais grandiosos que estão entre os principais da Europa. O Open’er Festival reúne centenas de milhares de pessoas e celebra emoções positivas, definições de valores e tendências, o festival está em sua 16ª edição e é um dos principais eventos culturais da Europa. 
O Orange Warsaw Festival se realiza na Varsóvia desde 2008 com mais de 50 mil participantes e mais de 200 jornalistas credenciados da Polônia e do mundo. No Sul da Polônia o Kraków Live Festival é um dos mais importantes eventos musicais da Europa ao som da música do mais alto nível mundial e conhecer a música nacional.
O Festival da Cultura Judaica em Cracóvia é a maior apresentação de cultura moderna criada pelos Judeus de todo o mundo. O objetivo do FCJ é mostrar a variedade e beleza da cultura judaica mundial. O evento está na 27º edição durante a qual poderá ser ouvida a música klezmer, cantos religiosos, assim como jazz, world music, indie rock, até à música eletrônica e dj sets. 
 

A maior fortaleza de tijolos do mundo 

O Castelo em Malbork é uma obra prima da arquitetura de defesa, conhecida como a mais poderosa fortaleza da Europa medieval. 
A fortaleza em Malbork foi inscrita na Lista do Patrimônio Mundial da UNESCO em 1997. O castelo gótico foi construído pelos Cavaleiros Teutônicos nos anos de 1274 a 1457. 
O local ainda continua sendo palco de batalhas medievais, mas agora pelo Festival de Cultura Medieval, são duelos de cavaleiros, shows de cavalos, espetáculos com dublês, apresentações teatrais e concertos, feiras de artesanato, ferreiros, cozinheiros, sapateiros, alfaiates apresentando a arte medieval, são apenas algumas das atrações deste evento. O evento é uma oportunidade para fazer uma fascinante viagem no tempo.
 

O Canal de Elbląg 

Este local curioso é conhecido pela fama de ter navios e barcos que “navegam” na grama. O Canal de Elblag é um monumento da técnica e da indústria, criado no século XIX e que ainda impressiona, mesmo que já tenha passado mais de 150 anos desde a sua abertura.  
Imagine percorrer uma área de lindas paisagens a bordo de um barco, que cruza por cima da terra firme. 
A originalidade desta hidrovia consiste em superar o desnível com o auxílio de um sistema de eclusas e plano inclinado. O plano inclinado aproveita desnível entre dois canais e a energia da água escorrendo do nível superior para o inferior. O navio é então puxado sobre os trilhos, prendido por cinco cabos a uma plataforma especialmente construída para estes fins. Projetado pelo engenheiro Georg Jakob Steenke no início do século XIX, como forma de garantir a conexão econômica entre a Prússia Oriental e o Mar Báltico. 


Por
02/01/18




Realização