Farroupilha na Serra Gaúcha, desperta para o Turismo


farroupilhainterno.jpg

Cercada por municípios de grande capacidade turística e que recebem milhões de visitantes ao ano, a cidade de Farroupilha, na Serra Gaúcha, conta com atrativos de destaque como o Santuário de Nossa Senhora de Caravaggio. Próxima a Gramado e Canela, Bento Gonçalves e Garibaldi, o fluxo turístico no município vem aumentando e a aposta é em um crescimento ainda maior pela grande quantidade de atrações que vem se destacando. 
O secretário de Turismo e Cultura de Farroupilha, Francis Cesar Dobner Casali, fala sobre os atrativos e ações para potencializar o setor turístico na cidade serrana.
 

JF: Quais as principais atrações que o turista encontra em Farroupilha?
Francis Cesar Dobner Casal - Farroupilha já tem grandes atrativos conhecidos pelos turistas, como o Santuário de Nossa Senhora de Caravaggio e o Centro de Compras que continuam atraindo grande parcela dos turistas que visitam a cidade. Mas, aos poucos, outros tantos ganham força, demonstrando o potencial que aqui existe. Berço da Imigração Italiana no estado, com o Parque do Centenário da Imigração Italiana em sua homenagem, enoturismo (Farroupilha é Capital Nacional do Moscatel, onde suas vinícolas são responsáveis pela maior produção de uvas moscato do país), turismo de aventura (Salto Ventoso), cervejarias, e diversos eventos são alguns exemplos da diversidade turística do município.


JF: Hoje o que o turismo representa para a economia de Farroupilha?
FC: Farroupilha está vivendo um novo momento, no qual se tornou um dos novos destinos da Serra Gaúcha. O turismo, que hoje representa 12% da economia do município, ganha força como ferramenta propulsora disso.


JF: O que está sendo feito para potencializar o destino?
FC: Cada vez mais parcerias com o trade estão sendo fortalecidas e treinamentos sendo realizados para que atrativos não tão conhecidos pelo público se tornem relevantes, além, claro, de um calendário de eventos planejado para contemplar cada estação e cada potencial da cidade. Lançamos neste o ano o projeto #PartiuFarroupilha, que tem a proposta de apresentar dois roteiros de visitação ao município, contemplando o turismo de compras, o enoturismo, a gastronomia e as cervejarias farroupilhenses.


JF: Como foi a participação de Farroupilha no FESTURIS 2017?
FC: Na contramão da maioria dos municípios da região, resolvemos apostar e investir num espaço próprio da cidade, para podermos apresentar ainda melhor o potencial e a diversidade turística que Farroupilha possui. Criamos um espaço diferenciado, que despertou curiosidade e gerou comentários por quem passava pelo local e o retorno foi extremamente positivo: surpreendemos aqueles que não conheciam todos os atrativos da cidade, como o Salto Ventoso e o título de Capital Nacional do Moscatel, e fizemos muitos contatos que, certamente, resultarão em mais turistas a Farroupilha.


Por
20/12/17




Realização